Jornal Pacifista
JORNAL PACIFISTA
DIREÇÃO GERAL:
DENISE RUMAN

EMPRESÁRIA RESPONSÁVEL:
DENISE RUMAN

REDAÇÃO:

Denise Ruman, José Cardoso Salvador, Adriana Pasquinelli, Viviane Murari, PH Alves, Ricardo R. Blomberg, Ronaldo Faria, , Ana Roth, Kayque G. Gomes,  Alexandre Teles, Jeferson Ouro.

Mensagens de Mestres desencarnados :
Paramahansa Yoganandají
Swami Sivananda

FOTOGRAFIA:
Shutterstock

ARTE GRÁFICA:
Capa - por Jeff Ouro

PROJETO GRÁFICO:
Solaris Filmes e Planet Digital

 

 

 

 

 

 

EDITORIAL

Esta é uma Edição Especial e Natalina ...

Sendo uma edição especial, não será apresentada em forma de jornal, com os normais, clássicos e tradicionais temas que compõem um jornal, o meu jornal, como política, saúde, educação, cultura, artes, etc, mas será uma edição de um aspecto e tema únicos.

Mensagens, através destes especiais e fantásticos participantes, mentores, e mestres, sobre o verdadeiro sentido do Natal, o que está por trás, sua simbologia e significado para as pessoas e como devemos agir nesta data.

É uma data especial, que representa, e na qual, o mundo celebra a vinda do SALVADOR para a terra, ou seja, a vinda da ESPERANÇA, do AMOR, da UNIÃO, da CONFRATERNIZAÇÃO.

E é com este espírito, que devemos comemorar a data.

Não apenas soltar bombas externas, mas talvez, internas, em uma alegria e exultação interna da Esperança que representa a vinda do SALVADOR para a terra!

DENISE RUMAN

E TODA A EQUIPE JORNAL PACIFISTA



 

 

 

 

 

 

Dezembro 2012 - Edição Natal                  
# Por: Denise Ruman / São Paulo - SP - Brasil
Natal

Natal, pela etimologia, significa nascimento. Portanto, o Natal é comemorado como o nascimento de Cristo, renascimento e ressurreição.

O Nascimento a que se referem, em verdade, significaria a sua volta à vida, após sua morte na cruz e sepultamento.

Seria sua ressurreição e volta à vida. Seria, pelas religiões, o retorno à Bem-Aventurança, após a morte.

Mas, na verdade, as pessoas não se lembram e não comemoram esta data desta forma. Hoje, esta sagrada data, infelizmente virou apenas uma referência comercial, deixando, infelizmente, de ser vista como uma referência e obrigação espiritual e religiosa, como o é ... a vinda do REDENTOR para a terra.

Vamos tentar mudar apenas um pouco a referência apenas comercial, e no mínimo, fazer orações, súplicas e agradecimentos, na virada do dia 24 para dia 25 de Dezembro (data em que se comemora o nascimento de Cristo, a vinda de Cristo para a terra),

Agradecendo ao Criador, a dádiva nos ofertada, de ter enviado seu FILHO, em sacrifício, para a redenção da humanidade.

Presentear aos amigos e familiares, sim, mas lembrar, que o presente que estamos ofertando, em verdade, é uma representação da benção do nascimento do Filho do PAI, Jesus Cristo, na terra.

Feliz Natal Para todos !!!

Muita Luz...
Muita PAZ!!!!!


Ano Novo

A virada do Ano significa:

*As esperanças que se renovam.

*As esperanças de uma vida melhor, uma situação melhor.

*Estouram-se bombas, para manifestar uma alegria e esperança internas de renovação, de renascer para uma nova vida.

Pelas religiões, podemos associar estes aos ritos de passagem, nas quais, iniciam-se as pessoas para uma vida nova, matando o velho,
e deixando nascer e vir à tona o novo, e este novo sendo mais próspero!!!

*Os ritos de passagem das religiões visam a alcançar o último grau de evolução e de saúde e prosperidade.

*A BEM-AVENTURANÇA CELESTIAL.

Este é o verdadeiro significado da comemoração da virada de Ano.

Estouram-se bombas, na esperança de se ter alcançado, ou de alcançar a Bem-aventurança eterna...mas muitas vezes, as pessoas, com o passar deste novo ano, que, com a passagem do tempo, vai se tornando velho, percebem que muita coisa não se modificou ou não “melhorou”.

Então, que tal nos propormos, não a esta virada e mudança externas que o Reveillon siginifica, mas sim, a uma mudança interna, no sentido de alcançar nossas metas e objetivos?!

Nos propor a atingir metas, e alcançá-las...

*Se propor a um regime e fazê-lo.
*Se propor a estudar mais e fazê-lo,
*Se propor a ter mais dinheiro e trabalhar mais e se esforçar mais por isto.
*Se propor a melhorar mais nossos relacionamentos e trabalhar para isto.
*Se propor a uma vida mais familiar e se dispor e predispor a isto.
*Se propor ao amar ao próximo, e fazê-lo.
*Semear..
*Querer ser bem-tratado,
mas tratar bem aos outros.

E assim, estaremos semeando para conseguir uma qualidade de vida melhor.

E assim e só assim, obteremos seus frutos, os frutos, de a cada novo ano, mais e mais felicidade abordar as nossas vidas!!

Um abraço a todos...

FELIZ  2013 A TODOS !!!

 


JORNAL PACIFISTA
# Por: José Cardoso Salvador / São Paulo - SP - Brasil

Natal

Natal é a tomada de consciência coletiva, cuja referência cultural parece ter sido comandada pelas altas figuras do Cristianismo.

Mas na realidade, o Natal é uma mensagem de união com o Criador através de qualquer símbolo. Principalmente quando se trata de uma criança, que é a exaltação da vida, continuação da evolução da humanidade, sempre com a mágica deste misterioso Criador, que nós sempre buscamos, mas na realidade, poucas vezes percebemos que somos nós. Então, o Natal é aquele momento em que olhamos para todos como se enxergássemos o Criador. Com alegria, união, com o sentimento de Amor, mas que ainda apresentamos uma grande dificuldade para dar seqüência. Mas o Natal, é você olhar para o PAI, para a mãe, para os filhos, irmãos, e perceber que as exigências são apenas os meios para chegarmos a compreender a união na Fraternidade de todos os momentos.

O verdadeiro sentimento do Natal, é você, que nasce através da criança, que simboliza a cobra mordendo a própria cauda, que é o PAI e o Filho. O PAI nascendo, vivendo, renascendo, física, mental e espiritualmente, que é o verdadeiro PAPAI NOEL em qualquer pessoa.  Manifesta  como filho,  como criação e criador, e vemos isto como Cristo, que é a figura do Salvador, renascimento e ressurreição.

Reconhecido pelos Reis Magos, como uma  mensagem do Criador através de Cristo, da vinda do Salvador.

O Natal deve ser visto com alegria da comunhão da convivência.

Ano Novo

O Ano Novo é o que esperamos de Renovação, de Renascimento, sempre baseado  na fé, na religião, no sentimento de esperança que nos levará ao sentido da UNIÃO com todas as pessoas e à PAZ, que é o desejo de todos !!

O Ano Novo é o mistério que esperamos desvendar, descobrir, conhecer.

É a simbologia da entrada na Bem–Aventurança.

É melhorar a vida mas acreditando que por trás de tudos exista o mistério do Criador, que procuramos desvendar, e conhecer.

É sempre o que nos estimula a viver em grupo para a União da humanidade, e para a humanidade atingir a PAZ, que é o que todo desejam e precisam.

 

 

 

 

 

 



 


Dezembro 2012 - Edição Natal                  
# Por: Viviane Murari / São Paulo- SP - Brasil

Aromas da Bíblia

Os Três Reis Magos, da Natividade de Belém, iniciaram uma tradição. Chegaram à Belém seguindo a estrela das profecias e quando encontram o Menino Jesus oferecem presentes. Melchior, o ouro. Baltazar, o incenso. Gaspar, a mirra.

Gálbano

O Gálbano era um dos ingredientes dos perfumes sagrados dos Hebreus. "O santuário do incenso descrito em Êxodo, o uso profano que era proibido, sob pena de ser eliminado de seu povo". (Êxodo 30:34-37).

Ládano 

"É também Nicodemos, aquele que anteriormente viera a ter com Jesus à noite, foi levando cerca de cem libras de um composto de mirra e aloés. Tomaram, pois, o corpo de Jesus e o envolveram em lençóis com os aromas, como é de uso entre os Judeus na preparação para o sepulcro. No lugar onde Jesus fora crucificado, havia um jardim e neste um sepulcro novo, no qual ninguém tinha sido ainda posto. Alí, pois, por causa da preparação dos Judeus e por estar perto o túmulo, depositaram o corpo de Jesus". (João 19:39-42). (14:6-8)

 

 

 

 


Incenso 

Os egípcios associavam o olíbano às propriedades simbólicas irrefutáveis, como sendo uma substância que revelou Deus e santificou os rituais e as oferendas. Normalmente ele simbolizava o divino, o pai e o dia, contrapondo-se à mirra à qual era comumente associado. Estas substâncias, juntamente com o ouro foram os presentes que os reis Magos deram ao Menino Jesus." (Mateus 2:11).

Estirace 

Na Bíblia a estirace é um dos quatro ingredientes que compõe o perfume sagrado usado como incenso e colocado na frente das estátuas nas Tendas de Presença, fato este que antecipa o templo de Jerusalém. (Êxodo 30:34-37)

 

 

 

 

 

JORNAL PACIFISTA
# Por: PH Alves / São Paulo- SP - Brasil

O Começo de um Novo Ciclo

Estamos mais uma vez no fim de mais um ciclo, e como de costume existe uma grande celebração mundial com a despedida de um ano e a comemoração de um novo ano, e a partir disso levamos conosco novas metas, novos sonhos, esperanças, conquistas, e desejamos que o próximo ano seja melhor que o que passou. Por este motivo estou aqui para deixar uma mensagem pessoal sobre tudo isso que acreditamos, por que não pensar assim todos os dias?

Por que não acordar todas as manhãs e fazer com que o dia de hoje seja melhor que ontem?

Por que ao invés de somente pedir não agir?

Não tiro o mérito dessa enorme egrégora que é criada no final de cada ano, muito pelo contrário, aproveitem e façam o maior uso dessa energia, desse momento de alegria, felicidade, mas levem isso contigo para todo o sempre, para todos os momentos de suas vidas, vejam que sim, vamos encontrar dificuldades, mas que também vamos encontrar facilidades e vitórias, não desista jamais, não desanime jamais, acredite sempre em você, acredite sempre em seu Deus, acredite sempre naquilo que te dá forças, naquilo que te faz bem.

A magia do cosmos sempre conspira a seu favor, não é a doença, não é a morte que vai vencer você, mesmo porque esses fatores que citei não servem apenas para nos deixar tristes, servem para sermos mais fortes, servem para mostrarmos como devemos levantar e encarar a vida com um sorriso no rosto, para sempre sermos gentis com quem amamos ou com uma pessoa que passa alguma necessidade nas ruas, lembrem-se que essas pessoas são nossos irmãos, afinal moramos todos em uma mesma casa chamada Planeta Terra, e que todos respiramos e compartilhamos do mesmo ar, tomamos da mesma água, olhamos para o mesmo Sol, tomamos a mesma chuva e admiramos a mesma Lua. Aproveitem e vejam isso tudo como se fosse um presente divino, como se fosse parte de si mesmo, aliás, não é aquele Sol que você deseja tanto quando vai à praia?

Não é aquela chuva que quer quando está com muito calor e quer dormir bem? Não é aquela lua cheia que deseja para que sua noite romântica seja perfeita? Sim, e todos esses elementos estão sempre a seu lado, pois é necessário estarem ali assim como é necessário você estar aqui, vivendo intensamente por este mundo que apesar das dificuldades, sempre encontramos momentos felizes e até mesmo únicos.

Sejamos eternamente felizes, e quando em um momento enfraquecerem, lembrem-se do Sol que até mesmo com toda a sua grandeza e infinita luminosidade e luz deixa seu lugar por algumas horas para que a Lua pegue o seu posto, e transforme tudo em uma bela noite cheia de mistérios e romantismo. De tudo encontramos dois lados, e desses lados não existem bem e mal, só existe aquilo que você quer entender como bem ou mal, se quiser ver tudo com os olhos da alegria, o faça com a maior vontade, mas se quiser ver com os olhos da tristeza, não se esqueça das consequências que irá colher com essa atitude.

Vamos cantar para a vida, vamos colorir o sorriso de todos que precisam, vamos dar um abraço naquela pessoa que um dia te fez mal e mostre para ela como é bom ser feliz, como um abraço caridoso pode fazer a diferença e acabar com as angústias.

Que esse novo ano que está entrando sirva para mostrar que será um ano de transformação, e uma transformação boa, e para que seja boa cabe a você tomar essa atitude e ver o dia a dia com amor e carinho e fazer o que você veio realmente fazer aqui, aprender a viver, aprender a amar a si mesmo e ao próximo.

Desejo a todos que sejam extremamente felizes, que seus lares estejam repletos de luz, de paz e alegria, e que o imenso Amor Cósmico que existe em todo infinito possa entrar em seu coração e que todos possam compartilhar com o Mundo.

Paz Profunda!!!

Namastê _/\_


Dezembro 2012 - Edição Natal                  
# Por: Adriana Pasquinelli / Santo André- SP - Brasil

Amados filhos da luz, com alegria nos aproximamos novamente deste canal, que pacientemente, e com muita fé, aguarda-nos e se põe a disposição a todo instante. O plano espiritual assim como suas mais variadas dimensões da luz encontram-se em festa. A data que comemoram todos os anos como sendo o do nascimento do nosso amado Mestre Jesus, o Cristo, é um período singular na sua humanidade, já que a faixa vibratória sempre se eleva naturalmente neste período. E como é maravilhosa a sincronicidade do Universo e como são maravilhosos os desígnios divinos que acolheram essa data, no seu calendário, 21/12/2012, para a ascensão deste maravilhoso planeta. Não existe acaso em todo o Universo, somente uma Inteligência Divina que rege todo o Universo a sua volta e que é o próprio Universo. Amados, muitos dos que aqui lêem essa mensagem ainda aguardam notícias de destruição em massa, ou informações sobre eventos naturais destruidores, guerra, fome. Mas essa não será mais a realidade deste planeta a partir desta data. A ascensão do planeta Terra para a quinta dimensão a eleva num patamar aonde a dualidade, luz/sombra, dor/alegria não encontram mais ressonância, já que tudo é luz. Dizemos a todos que cada um que dentro de seu coração se entregar a essa elevação, nessas datas de encerramento de ciclo da terceira dimensão, todos e cada um, ascensionarão junto com o planeta, e isso é uma questão de consciência, de abertura que seu próprio Eu Superior necessita para essa passagem. Em seu meio religioso e espiritualista, muito se fala de práticas, técnicas, para a elevação espiritual, e de coisas que vocês fazem que impedem essa mesma elevação. Amados, compreendam... Nosso amado Mestre Jesus, que esteve entre vocês, buscando elevá-los e impulsioná-los em sua evolução, preparando-os a dois mil anos atrás para essa data - 21/12/2012, trouxe como ensinamento o amor, a simplicidade, e disse que seu próprio Eu Divino mora em seu coração, no coração de cada um de vocês.

 

 

 

Sabiamente, nosso Mestre disse que não importava o que entrava pela boca, mas sim o que saia dela. Não importava se era fariseu, egeu, essênio ou samaritano, mas o quanto de amor e bondade vibrava em seu coração. Essa é e sempre foi a resposta e tudo o mais são somente experiências que trouxeram a cada um importantes aprendizados que lá na frente dividirão com seres no estágio que estão agora, no caminho evolutivo em busca da ascensão. Tudo tem um propósito, tudo tem um desígnio. Nos rejubilamos deste lado, se assim o podemos dizer porque na verdade, todo mérito é de vocês, dos seres da Terra, que se empenharam, consciente ou inconscientemente pela elevação de sua morada, tanto física como espiritual. Na verdade, estando sempre ao lado de vocês, nunca pudemos interferir realmente, pois isso vai contra leis divinas que regem a evolução de todos os seres. O mérito é de vocês, o mérito é dessa Estrela Divina que os acolheu e nosso júbilo é em ver a crescente luz que envolve o seu planeta. Acreditem naquilo que seus corações dizem a vocês neste momento ao lerem essa mensagem. O mundo que vocês verão a partir do ano 1 de suas novas vidas será um mundo maravilhoso para todos que quiserem fazer parte dele. Amorosamente, aceitem a escolha de cada um, e estejam de corações e mentes abertos para acolher aqueles que virão posteriormente. Como sempre, na construção de um novo mundo, há muito o que se fazer, e cada um terá um papel fundamental na construção da Nova Terra.

Amados sejam.

Feliz Renascimento de seus
Cristos-Interiores!!!"

 

 

 

 

 

 

 

JORNAL PACIFISTA
# Por: Ana Roth / Novo Hamburgo- RS - Brasil

Que fosse Natal todos os dias de nossa caminhada Terrena.

"Que o amor e a luz de seus corações se faça presente em cada dia de vossa caminhada terrena, que os aprendizados sejam realizados com comprometimento de vossas almas, num grande e intenso desejo de crescimento e de amor fraterno para com seu próximo."

Não seja somente o NATAL uma data de festas e presentes, trocados uns com os outros; mas que seja a CELEBRAÇÃO DE AMOR profundo por todo  Irmão que convive ao vosso lado, que seja CELEBRAÇÃO DE PERDÃO, COMPAIXÃO a si mesmo, que seja o momento de trocar afeto desmedidamente.

NATAL é o tempo em que se abre a grande oportunidade de fazer a magia que está em vossos corações acontecer, uma magia que está a espera de um gesto, uma palavra para que vossas vidas saiam do martírio, da amargura, e das dores que   criamos ao longo dos tempos, por total ignorância, por não aceitar um ato de entrega, pelo desejo egoísta de querer dar ao Ego o comando da nossa vida, que nem é nossa e nunca foi, ou será algum dia.

Somos Seres Espirituais vivendo uma grande experiência, um aprendizado do AMOR INCONDICIONAL, e longa é a jornada para os que não abrem a porta ao saber disto.

Falamos em felicidade mas não abrimos a porta, pois para isso precisamos deixar o comando ao Grande Espírito;  com isto de querermos  ficar sempre no comando perdemos muitas bençãos, graças as quais Ele tem para nos presentear.

 

 



Por que somos tão duros, mesquinhos e egoístas conosco mesmos???

Desejamos sempre o melhor, mas pouco nos esforçamos e quando acontece é somente no verbo: "Eu" - sempre nós à frente, eu tenho, eu quero, eu isto,  eu aquilo... e por aí vai.

Gente,  façamos um NATAL diferente, dentro de cada um de nós, no seu exercício íntimo de mudança na doação de amor fraterno, no olhar de compaixão pelo outro e por si mesmo na entrega do comando para quem tem o domínio da vida o dom maior; e competência para o comando.

Que este seja o ano de iniciar uma mudança em nossos Seres, que façamos  NATAL todos os dias, que esta magia do NATAL permaneça no ar, nos lembrando que o verdadeiro Espírito Natalino, dentro de nós está esperando que o convidemos a fazer parte de cada dia dessa nossa experiência terrena, pois Ele crê em nós, pois sabe que em verdade somos Espíritos, Centelhas de sua Luz, e como tais podemos atingir nossa maestria para crescermos em aprendizado e evolução, sem ter mais que voltar neste plano.

Façam vossa reforma íntima desde já, permitam-se mudar e viver uma vida plena permeada de amor verdadeiro e na troca desse sublime  amparo, dessa energia de LUZ DO AMADO PAI !

Amigos,

Que o amor, a paz e as alegrias encontrem vossos corações, e que o vosso NATAL seja permeado de bençãos e luz....

FELIZ NATAL E PRÓSPERO ANO NOVO!

Dezembro 2012 - Edição Natal                 
# Por: Ricardo Blomberg / Porto Alegre - RS - Brasil

Com a chegada do final de ano, chegam também os momentos de ampla reflexão íntima e pessoal. É a grande hora da profunda revisão interna. Avaliar resultados, progressos ou falta deles. As grandes conquistas ou as faraônicas perdas. Não dá para esquecer a renovação de promessas, provavelmente as mesmas feitas durante o brinde da meia noite do ano que se encerrou e esquecidas no amanhecer do novo ciclo. Apesar de ao longo do ano acabarmos sublimando a grande maioria de nossos desejos e promessas, ou quem sabe de esquecermos compromissos firmados ao espocar de fogos que rompem o silêncio da noite, de não sermos tão românticos, afetivos ou dedicados às pessoas que amamos como havíamos jurado ao juntar dos ponteiros no 12 do relógio. A despeito de tudo isto, quanto mais se aproxima o romper do ano, mais otimistas nos tornamos, mais empenhados e dedicados às pessoas que tanto amamos, mais dispostos para participar das festas da empresa, dos infindáveis “amigos secretos” ou “amigo oculto” (em outros estados tem nomes diferentes) e relaxamos, apenas deixando o "barco andar" porque o que queremos mesmo é que chegue a grande hora da virada. Basta vislumbrar o limiar de um novo ano e nos tornamos mais religiosos, crédulos ou supersticiosos.  Fazemos a simpatia de comer 12 grãos uvas, de jogar champagne por sobre os ombros, de pular 7 ondas, etc... É lógico que nada disso serve de nada, mas mesmo tendo plena certeza disto, acabamos fazendo, apenas por via das dúvidas... Vai que este ano dê certo? Entendo que estas crenças servem como lenitivo, acalento, um conforto, e quem sabe um depositário de esperanças. São elas que nos permitem encontrar forças e coragem para seguir adiante, enfrentar novos desafios e não esmorecer ante os velhos problemas que ainda não conseguimos solucionar e o fato de estarmos mais próximos aos amigos e convivendo mais com a família já funciona como um carregador de nossas baterias. No fundo acredito que estes congraçamentos sirvam como uma fonte extra de energia.

Quanto mais compartilhamos destas esperanças e crenças, mais multiplicamos e irradiamos fluidos energéticos, todos juntos somos quase um reator humano e só por esta razão as festas já se justificam. Certamente que uma grande maioria nem se lembra do que realmente significa o Natal ou a razão pela qual o comemoramos, mas o fato dele fazer as pessoas se aproximarem já justifica muita coisa. Até porque, nem todos são cristãos ou católicos e assim como os índios não comemoram o nascimento do Cristo e não podemos julgá-los por isto, mas mesmo assim acabam contaminados pelo “Espírito de Natal”, não por causa do dogma, mas por sentirem a energia que paira e se multiplica e uma onda acaba envolvendo-os ao ponto de se integrarem ao coletivo lúdico das comemorações. Creio que o ponto mais positivo disto tudo é o fato de jamais desacreditarmos na renovação, e apesar de qualquer barreira que haja não nos entregarmos ao pessimismo. É preciso sim, ter a certeza de que o novo ano será muito melhor que este, de que comer  12 grãos de uva ajudam, nem que seja ao agricultor que venderá sua produção,  de que pular 7 ondas nos trazem sorte ou pelo menos nos ajudam a queimar parte das calorias adquiridas durante a ceia, ou ainda, de  jogar o champagne por sobre os ombros no mínimo reduz a nossa taxa de álcool no sangue e assim bebemos menos. A despeito de crenças, dogmas ou conceitos, de o ano ter sido bom ou não, desejo a todos um excelente 2013 e que este novo ano possa ser o depositário de nossas maiores aspirações e conquistas.

.
JORNAL PACIFISTA
# Por: Alexandre Teles / Salvador - BA - Brasil

O tempo do Advento e o Nascimento do Cristo

A partir do primeiro dia do mês de Dezembro entramos no tempo do Advento. Do latim “adventus”, chegada, é o tempo de 24 dias que precede o Natal da Igreja Romana. O Advento é o tempo de limpeza, de reparação e restauração da Casa do Senhor para receber o Cristo vivo na ocasião de seu nascimento. Durante estes 24 dias nos dedicaremos a nos debruçar sobre nosso próprio espírito e reconhecer as nossas fraquezas. É tempo propício para engendrar a Alquimia Interior, trabalhando sobre nossos defeitos para que possamos estar puros na Esperança da vinda do Salvador. É tempo de alegria e de júbilo, de exaltação e arrependimento. É chegada a hora de aprender a promover a fraternidade e a paz,
confraternizando nosso ser consigo mesmo e elevando nosso coração, através da Obra Espiritual, à paz santíssima do Criador. Finda-se a era do desespero. Estamos mergulhados no nosso ser, aguardando o encontro com a santidade. Despojamo-nos das nossas vestes sujas e nos vestimos com o púrpura da caridade. Estimulamos o mundo a reconhecer o Cristo na imagem do bem e da irmandade universal. E eis que é chegado o tempo!

O dia santo, 25, proclama o nascimento do novo mundo. De um mundo onde somos todos nós imagem e semelhança do Cristo. Terminamos a limpeza e precisamos agora manter a pureza e a dignidade de nossa Alma. O Natal é o verdadeiro ano novo. Um mundo novo e cheio de esperança se prolonga à nossa frente. Enfim renascemos com a vinda do Salvador. Trazemos a alma branca e pura, lavada pelos 24 dias de reflexão durante os quais dobramos os nossos joelhos e nossos espíritos e apontamos os olhos para os céus ao contemplar o nosso próprio interior. Agora, é tempo de alegria e felicidade, pois a certeza de
que a crueldade do mundo sucumbe aos pés da Paz se fez dentro de nós. O Cristo veio em nós! Quanta felicidade nos preenche... Que tal
transbordar um pouco deste maravilhoso universo de belas possibilidades para os que necessitam? Levanta-te e anda! Anda em direção aos teus irmãos e os presenteia com a luz da caridade. Presenteia-os com o Cristo vivo em tuas mãos. Seja no alimento, no calor das vestes ou na dignidade do reconhecimento, a esperança deverá fluir de ti rumo ao próximo. Afinal, ele é o Cristo que nós tanto esperávamos.

Feliz Natal!




# Por: Fontes diversas

3 Reis Magos

Queimar a resina de Olibano invoca uma sensação de prazer e elevam nosso Espírito para um sentimento aconchegante e de prazer. A séculos Olibano é queimado como incenso, ele nos faz lembrar a maravilhosa historia dos Três Reis magos trazendo presentes de Olibano mirra e ouro para o bebê Jesus como reconhecimento de sua divindade! Esses presentes trazidos pelos Reis magos eram incensos altamente valiosos por sua fragrância e efeito em nosso Espírito. A resina de Olibano tem algo de Especial ela fala de séculos de devoção, inspiração Espiritual beleza harmonia e fé. Queimar Olibano no dia de Natal traz para teu espaço sagrado e tua casa ,Harmonia, Esperança e dias de paz e de amor.


Os três Reis Magos - Gaspar, Baltasar e Belchior - eram considerados sábios. Eles foram ao local onde Jesus nasceu. Eles vieram do Oriente conduzidos pela estrela. Chegaram à cidade de Belém, local de nascimento do Menino Jesus, trazendo presentes: mirra, ouro e incenso. O padre explica que o ouro representava a realeza, a mirra era símbolo da paixão e o incenso significava a oração
Dezembro 2012 - Edição Natal                  
# Por: Kayque G. Gomes / Fortaleza - CE - Brasil

“Faze o que tu queres há de ser tudo da lei”

O conhecido natal é uma festa celebrada há séculos pela sociedade contemporânea e não é mais nenhuma novidade a sua origem pagã e sua transformação em festividade ocidental, cristianizada e, acima de tudo, capitalista.

Longe de ser mais uma crítica a esses fatores que fazem do natal um simples feriado comercial e um encontro familiar com troca de presentes, o indivíduo espiritualizado sente a necessidade urgente de não ser excluído do convívio e ser integrado a algo maior em sentido temporal.

É o que basicamente sinto diante dessa festividade. Eu como thelemita, como um indivíduo que passou de uma era pautada na busca da iluminação pelo sofrimento, no culto de um “deus imolado” (seja homem ou cordeiro) para uma era baseada na eternidade da luz solar e na busca pela vida, liberdade, luz e amor e do cultivo do mais divino potencial humano, “Deus” cede lugar ao ser divino no centro de tudo: o homem.

Não se trata de um antropocentrismo moderno, nem de lutar contra “Deus”, qualquer que seja ele. Em Thelema esse conceito é substituído pelo homem. “Não há nenhum deus senão o homem”. Já dizia Nietzsche e hoje proferem nossos sagrados livros.

Não adiantaria para mim pensar no natal como uma comemoração cristã do possível, mas pouco provável, nascimento de um menino chamado Jesus, ou Mitra, ou Cernnunnos como dito na wicca. Eu não sou pagão de uma sociedade celta, não tenho raízes quanto a isso e nunca fui habituado. Nunca completei meu catecismo e acho uma hipocrisia católica essa celebração. Estou pautado no agora e quero sentir nesse agora uma luz de vivacidade e alegria, para longe de qualquer solipsismo ou pensamento suicida comum deste fim de ano. Um conceito que me agrada bastante foi certa vez dito por Charles Stanfeld Jones em “Passando do Velho para o Novo Aeon”, no qual compartilho com vocês: “Você sabe o quão profundamente nós sempre ficamos impressionados com as idéias de Sol nascente e Sol poente, e como os nossos antigos irmãos, vendo o Sol desaparecer à noite e nascendo novamente na manhã seguinte, basearam as suas ideias religiosas neste conceito de um Deus Moribundo e Ressuscitado.

 

Essa á a idéia central da religião do Velho Æon, porém nós a deixamos para trás porque embora ela parecesse estar baseada na Natureza (e os símbolos da Natureza são sempre verdadeiros), nós ainda assim superamos esta idéia que é apenas aparentemente verdadeira na Natureza. Uma vez que este grande Ritual de Sacrifício e Morte foi concebido e perpetuado, nós, através da observação dos nossos homens de ciência, soubemos que não é o Sol que nasce e se põe, mas é a terra sobre a qual nós vivemos que gira de forma que a sua sombra nos isola da luz solar durante aquilo que chamamos de noite. O Sol não morre, como acreditavam os antigos; ele está sempre brilhando, sempre irradiando Luz e Vida. Pare por um momento e tenha uma clara concepção deste Sol, como Ele está brilhando já cedo pela manhã, brilhando ao meio-dia, brilhando à tarde e brilhando à noite. Você percebeu esta idéia claramente em sua mente? Você acabou de sair do Velho Æon e entrar no Novo.”

O natal, antes de ser pseudo-cristão, capitalista, pagão é, mais que tudo, uma celebração de um fenômeno celeste. A celebração do movimento solar, ascendente ou descendente, do sol que “morre” e do sol que “nasce” e que ilumina a terra da qual extraímos sua energia vital. Ser thelemita para mim não é negar a morte, mas ter uma postura mais alegre para com a mesma, e não de sofrimento piegas depurgação de pecados ancestrais. Para mim e tantos outros como eu, a morte é apenas parte de um ciclo eterno de contração e expansão adiabática, como na física.

O sol é eterno, nós morreremos e ele continuará lá. Nós somos eternos com espíritos imortais, mesmo que nossos corpos físicos se deteriorem. Eu contemplaria os dias 23 a 25 de dezembro não mais como o nascimento de um ente, de uma causa, mas da própria vida pulsante que ilumina e aquece nossos corações. Não seria mais um dia de confraternização fraternal, mas de conexão íntima com o universo, de comunhão com sua irmã celeste. Afinal, “todo homem e toda mulher é uma estrela”. Em Thelema não há celebrações oficiais ou dogmáticas como nas religiões institucionalizadas. Temos datas e celebrações próprias, mas que no fundo fazem uma conexão mais individual, de coração a coração, sem o intermédio de quaisquer sacerdotes mundanos.


JORNAL PACIFISTA

Não estamos mais conectados ao passado do “deus imolado” de Frazer, nem do “deus menino” da coca-cola que tangencia o inconsciente coletivo das massas de manobra.

Estamos, sim, celebrando um marco do ciclo, uma das festas dos elementos, dos luminares em relação a terra. Pelo menos para mim este natal será diferente, com outro tipo de postura. Será o dies natalis solis invictus original, não o romano, mas o que está no meu âmago.

E eu me inflamo em oração.

Pode ser que o caro leitor nada entenda desse texto e desconheça dos termos que falo. Corro esse
risco, mas o faço propositalmente. O motivo é simples: lhe atiçar a curiosidade. Não aceite o que falo, mas busque investigar com honestidade para atestar a veracidade do que digo, ou simplesmente passe de página...

 

...mas se tiver vontade de celebrar um natal semelhante, e diferente, com uma postura nova perante a vida, faço minhas as palavras de Charles :

“Agora, se você quer voltar para o Velho Æon, faça-o. Mas tente e tenha em mente que aqueles ao seu redor são em realidade Sóis e Estrelas, não pequenos escravos temerosos. Se você não quer se tornar um Rei, ainda assim reconheça que eles têm direito ao Reinado, assim como você o tem, sempre que desejar aceitá-lo. E no momento em que desejar fazê-lo deverá apenas se lembrar disso – Contemple as coisas a partir do ponto de vista do Sol.”

“Amor é lei, amor sob vontade”

 


# Por: Ronaldo Faria / Divinópolis - RS - Brasil

Jesus e a Manjedoura

Mesmo antes de Jesus começar seu ministério de amor, seu nascimento já nos ensina a primeira lição. Nasce entre animais e uma manjedoura lhe serve como berço, mesmo sendo o Maior Soberano sobre a terra, nos ensina a Humildade. Sabemos que a manjedoura era onde o alimento dos animais era colocado. Ali outra lição de Jesus:

Veio nos dizer que ele trazia o ALIMENTO DA ALMA.




# Por: Jeferson Ouro / Natal - RN - Brasil

A importância do tempo

O rio das oportunidades passa com suas águas sem que retornem nas mesmas circunstâncias ou situação. Assim, o dia hoje logo passará e o chamaremos de ontem, como o amanhã será em breve hoje, que se tornará ontem igualmente. E, sem que nos demos conta, estaremos logo chamando este ano que se inicia de ano passado e assim sucessivamente. Que todos possamos aproveitar muito bem o tesouro dos minutos na construção do amanhã feliz que desejamos, pois a eternidade é feita de segundos. A todos um Feliz Natal e um 2013 de muita Luz, sempre lembrando de viver a cada segundo com gratidão e amor ao próximo.


Paz Profunda.


Dezembro 2012 - Edição Natal                  

GRANDES MESTRES DA HUMANIDADE

# Por: Paramahansa Yogananda - Swami Sivananda

Mensagem para Dezembro

A celebração real do Natal é a realização interior da Consciência Crística. É de extrema importância para todo homem, qualquer que seja sua religião, que ele experimente dentro de si mesmo este "nascimento" do Cristo Universal.

O universo é o corpo de Cristo: interiormente presente em toda parte, sem limitação, é a Consciência Crística. Quando você puder fechar os olhos e, através da meditação, expandir sua consciência até sentir o universo inteiro como seu próprio corpo, então Cristo terá nascido em você. Você concluirá que sua mente é uma pequena onda do oceano de Consciência Cósmica, no qual o Cristo habita.
A Self-Realization Fellowship iniciou a prática de dedicar um dia inteiro no Natal para adoração meditativa de Cristo, e essa idéia nunca morrerá. Do mesmo modo que  na Sede Central em Los Angeles, celebra-se espiritualmente o nascimento de Jesus, dedicando um dia de meditação em 23 de dezembro, que todos os devotos do Cristo possam também dedicar esse dia para a celebração do Natal Espiritual em profunda meditação.

Dediquem o dia 25 de dezembro como o Natal Social, participando das festividades natalinas com parentes e amigos. Um dos sinais mais encorajadores de um renascimento espiritual no mundo hoje é a boa-vontade dos cristãos em observar o nascimento de Jesus através de encontros para meditação longa. Com o tempo, esse costume deverá ser generalizado e adotado por todos os Cristãos - eu profetizo.

- Paramahansa Yogananda -

 

 

 

 


A Luz de Jesus Cristo brilha em todos os corações. Alguns têm consciência de Sua presença e com o Seu auxílio alcançam um estado de bem-aventurança fazendo florescer em suas vidas os ideais do Senhor. Outros, porém, não têm ainda consciência da presença dessa Luz espiritual interior porque ela está velada pelo egoísmo e pelas impurezas de suas mentes. Mas a Luz lá está, e a ninguém é negada a esperança de redenção.

A Luz de Jesus é a Luz da consciência da humanidade. É a Luz do mais elevado idealismo espiritual. O Cristo não pertence apenas aos cristãos. Ele é o espírito universal que não se nega a ninguém; a Sua doutrina e os Seus ensinamentos pertencem a todo o gênero humano.

A verdade é sempre muito simples; não precisa de enunciações complicadas; não requer nenhuma confusão metafísica. Esvazia-te e conhecerás a Verdade; procura e encontrarás; ajuda o próximo e purificar-te-ás; dá e serás enriquecido; ama e realizar-te-ás; aspira e alcançarás.

É principalmente na simplicidade da vida, na inocência de coração, na humildade de espírito e nas aspirações puras que podes encontrar, dentro de ti o verdadeiro Jesus. Podes senti-lo melhor no lamento dos humildes e no olhar dos que sofrem do que nos esplendores do interior de uma igreja. Podes ouvir Sua voz no murmúrio dos córregos, no sussurrar das florestas, no silêncio da noite. Podes sentir Sua presença no sorriso inocente das crianças, no senso de união da mãe com seu primogênito.

A vaidade da mente humana, os malabarismos do intelecto, o inato e dominador egoísmo da vida, foram causadores de todos os infortúnios.

- Swami Sivananda -
JORNAL PACIFISTA
A vida, como é ela, seria bem menos complicada se cada um de nós pensasse um pouco menos em seu pequenino eu. Este espírito de auto-abnegação, de darmos um pouco de nós mesmos, trabalhando pelo bem-estar geral, de perdão e compaixão inatas, de grande sensibilidade e tolerância, é que constituem os extraordinários traços da personalidade do Bom Pastor.

Um coração caridoso, um pouco de auto-sacrifício, um pequeno auxílio e compreensão, podem nos proporcionar tanto bem-estar a nós mesmos quanto aos outros. Um pouco de devoção e confiança no Senhor podem nos encher e imensa paz. Um pouco de pureza de alma e aspiração de viver uma vida melhor, podem nos dar um grande senso de realização íntima. O Espírito de Cristo que paira sobre nós está sempre pronto a vir em auxílio do homem, se este a Ele se entregar. Todos os problemas da vida nos surgem quando nos fechamos dentro de nós e levantamos à nossa volta uma muralha. Egoísmo e espiritualidade não podem andar juntos. As coisas boas da vida e o bem-estar material perdem o valor quando não tem outro sentido senão a posse. Aliviando os sofrimentos alheios, aliviamos os nossos próprios. Neste santo dia, tentemos aproximar-nos do espírito de Jesus Cristo, amá-lo com ardor, fé e devoção e esforçar-nos, com renovado zelo, por viver à luz de Seus ensinamentos e difundir a Sua mensagem universal. Que Deus abençoe a todos. Que reine a paz no coração dos homens. Que a Verdade triunfe sobre a calúnia, a justiça sobre a opressão, a boa vontade sobre a desconfiança e a liberdade sobre a escravidão.

Rishikesh, Natal de 1961.
- Swami Sivananda -
Índia

Fonte: "Perfeição pelo Yoga", Sri Swami Sivananda

O verdadeiro significado do Natal


O natal é o nascimento do Senhor Jesus, o Cristo Salvador, O Yogui do Oriente. Ele nasceu em um estábulo em Belém, de Maria e José, o carpinteiro da vila. Maria e José fizeram do estábulo um lar para Cristo, o Rei, o Príncipe da Paz. O nascimento de Jesus é celebrado em todo o mundo como o sagrado Natal.

O Senhor Jesus foi uma personificação da misericórdia, amor e humildade. Ele era um apóstolo da não-violência e paz. Seu corpo foi crucificado, mas sua voz vêm falando através dos séculos.

A mensagem do Natal é a mensagem do amor universal. É a mensagem da inexplicável divina lória e esplendor. A mensagem do Natal é a mensagem de paz e boa-vontade entre as todas as nações. atal é mais do que um dia de júbilo e festividades. O Natal é um dia para realizar a Consciência rística ou Consciência Cósmica. É um dia para lembramos os atos nobres do Senhor Jesus e sua ida sagrada de prístina natureza. O Natal vem e vai, mas que o espírito Natalino esteja sempre com todos vocês. As festividades não são o Natal de forma alguma. O Natal não consiste em ocar sinos e cantar canções, trocar presentes, enviar cartões natalinos e saborear ricas refeições, antares pesados e comer bolos. Natal é um estado de despertar espiritual. Realizar o Reino dos Céus dentro de você, estar em comunhão com o Senhor nas câmaras do seu coração, reconquistar sua divindade perdida, atingir a Consciência Crística ou Consciência Cósmica, amar a todos, ncluir a todos no quente abraço do seu Amor, este é o verdadeiro Natal. Realize o espírito de Cristo. Caminhe nas pegadas de Cristo. Mergulhe fundo no coração de Jesus. Sempre busque expressar, em sua vida diária, amor, alegra e paz. Embriague-se da mensagem de amor e sacrifício de Cristo. Manifeste o Cristo oculto dentro de você. Siga o Sermão da Montanha. Alcance a onsciência de Deus. Viva no espírito dos ensinamentos de Jesus. Aniquile esta pequena ersonalidade arrogante e derreta-se em Cristo ou a Alma Universal. Este é o verdadeiro Natal. Todos desejam entrar no Reino de Deus. Mas quantos de vocês possuem o real espírito de Cristo? Quantos de vocês são verdadeiros Cristãos? Quantos de vocês seguem os ensinamentos, preceitos e doutrinas de Cristo. Quantos de vocês amam seu próximo como a ti mesmo? Aqueles
que são dotados de pureza no coração, humildade, amor universal, generosidade e nobreza – somente estes podem atingir o reino de Deus ou a suprema paz e imortalidade.

- Swami Sivananda -

 

Dezembro 2012 - Edição Natal                  

FELIZ NATAL E UM 2013 DE PAZ E LUZ


TODOS OS PARTICIPANTES, MENTORES E MESTRES ASCENCIONADOS, DO PRESENTE E DO PASSADO

DESEJAM A VOCÊS, ATRAVÉS DESSE CANAL...

JORNAL PACIFISTA.

UM FELIZ NATAL DE PAZ E MUITA UNIÃO!

LEMBRANDO QUE O SIGNIFICADO DA DATA É O NASCIMENTO DE CRISTO, E A COMEMORAÇÃO DA VINDA DO FILHO DO PAI PARA A TERRA.

 

E UM FELIZ E PRÓSPERO 2013 A TODOS!

JORNAL PACIFISTA

Participantes:

Denise Ruman
Diretora-Chefe
pacifistajornal@gmail.com
jornalpacifista@hotmail.com
Mentora – Chefe

José Cardoso Salvador

Diretor-Proprietário de Escola de Yoga
R. Mourato Coelho, 134
Tel: +55 (11) 3068-0184
Cel: +55 (11) 99959-5373

Adriana Pasquinelli

Socióloga, bruxa e espiritualista, desenvolve a vários anos cursos e workshops de reintegração da magia, espiritualidade e religiosidade dentro do ser humano. Escreveu o livro “Lucas na Caverna de Cristal - Uma Viagem ao Mundo dos Portais” voltado para crianças de todas as idades aonde explica, de forma simples, as várias realidades que nos cercam e leis naturais do Universo.”adrianapasquinelli@ig.com.br
www.facebook.com/adrianapasquinelli

Viviane Murari

http://www.aromakraut.com.br
vendas@aromakraut.com.br
Tel: +55 (11) 3871-5430

Ronaldo Faria

http://ronaldokoop.wordpress.com

Ana Roth
Psicoterapeuta reencarnacionista e terapeuta holística
ajaderoth@hotmail.com
Tel: +55 (51) 3066-4130


Ricardo R. Blomberg

ricardoblomberg@gmail.com
https://www.facebook.com/UmAmorDoPassado
Twitter: @ricardoblomberg

PH Alves
phmage@gmail.com
Blog http://www.diariodoadeptu.com
Tel: + 55 (11) 985-997-183

Kayque Girão Gomes
kayquegirao@gmail.com
kayque.girao@thelema.com.br
colaborador do site:
http://www.thelema.com.br/espaco-novo-aeon/

Alexandre Teles
Estudante R+C e Martinista
ateles.1@gmail.com
Blog: Messis Quidem Multa

Jeferson Ouro
Colunista do Site O Alvorecer
O Alvorecer
Designer Gráfico - Solaris Filmes
Solaris Filmes
Cel: +55 (84) 9692-6342

Mestres desencarnados:

Paramahansa Yoganandají
Swami Sivananda

Fontes utilizadas em alguns momentos : WIKIPÉDIA.

TODOS OS DIREITOS RESERVADOS

Todos os direitos reservados proibida a reprodução parcial ou total do conteúdo, em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem o consentimento dos autores. Livre a reprodução, desde que citada a fonte, nome do veículo e nomes dos autores. A autorização para a reprodução, deverá ser realizada pelo GRUPO JORNAL PACIFISTA por escrito, só assim, tendo, então, função legal.

Muito Obrigada Pela Compreensão.

 

Dezembro 2012 - Edição Natal                  

 

Desenvolvido por

www.solarisfilmes.com.br

www.planetdigital.com.br